Internacional

Estudante Internacional

Mobilidade

Reconhecimento de Graus Académicos

Estudantes em Situação de Emergência Humanitária

Estudante
Internacional

Se queres estudar em Portugal e no Instituto Politécnico de Viseu, tens aqui toda a informação necessária.

O Estatuto do Estudante Internacional estabelece o ingresso de estudantes internacionais, com regras diferenciadas face aos estudantes nacionais e aos estudantes da União Europeia, em cursos técnicos superiores profissionais (CTeSP), de licenciatura/graduação e de mestrado.

Candidaturas 2023/2024

Candidaturas a Cursos de Licenciatura/Graduação

3ª Fase | Consulta as colocações finais desta fase

2ª Fase | Consulta as colocações finais desta fase

1ª Fase | Concluída – consulta os resultados finais desta fase.

 

Mobilidade

Com o intuito de contribuir para o seu enriquecimento académico, cultural e pessoal, o Instituto Politécnico de Viseu proporciona aos seus estudantes, docentes e não docentes a oportunidade de se candidatarem à realização de uma experiência internacional de estudo ou profissional.

Reconhecimento de Graus Académicos

O reconhecimento em Portugal de graus académicos e diplomas de ensino superior, atribuídos por instituições de ensino superior estrangeiras, é regulado desde 1 de janeiro de 2019 pelo Decreto-Lei nº. 66/2018. Este Decreto-Lei revoga os dois anteriores, Decreto-Lei nº. 283/83 e Decreto-Lei nº. 341/2007.

Estudantes em Situação de Emergência Humanitária

São considerados “estudantes em situação de emergência por razões humanitárias os que sejam provenientes de países ou regiões em que prevaleça uma situação reconhecida de conflito armado, de desastre natural, de violência generalizada ou de violação de direitos humanos de que resulte a necessidade de uma resposta humanitária.”

O estatuto de estudante em situação de emergência por razões humanitárias permite que o/a estudante abrangido/a possa frequentar as instituições de ensino superior portuguesas, incluindo o Politécnico de Viseu. Aos estudantes que se encontrem em situação de emergência humanitária nas instituições de ensino superior, é garantida a sua equiparação excecional aos estudantes nacionais para efeitos de pagamento de propinas, taxas e emolumentos.

Pin It on Pinterest